E as crianças?

(*post publicado originalmente no Facebook em 27 de março de 2015)

As perguntas que eu mais recebo são definitivamente relacionadas às crianças. Decidi escrever um post todo dedicado a esse tema pra ajudar a esclarecer algumas dúvidas. Lembrando que a gente mora em Burnaby, na província de British Columbia e algumas coisas podem mudar de um lugar para o outro.

1. Como foi contar para eles que se mudariam para o Canadá?
* Só contamos para eles depois que a gente estava bem certo de que era o que queríamos e que seria o melhor para o futuro deles.
O Rafael, já com 8 anos, entendeu mais e a primeira reação foi chorar. Não queria ficar longe da família e dos amigos. Depois de um tempo foi começando a se acostumar e a gostar mais da ideia.
Com a Carol foi mais fácil porque só tem 3 anos. A noção de tempo e distância ainda não estão bem definidos então ela não sofreu não.

2. Como foi escolher o que iria para o Canadá e o que não levariam?
* Em relação a roupas a gente quase não deixou nada no Brasil. Já os brinquedos, que eles tinham demais, nós precisamos fazer algumas escolhas importantes, especialmente baseadas no uso real do brinquedo, se seria viável de ser transportado e se poderia ser comprado no Canadá. Conseguimos encher “apenas 2” malas com eles.

3. A viagem é muito longa e cansativa? Como distrair as crianças?
* Posso dizer que tivemos uma sorte incrível. As crianças vieram muito calmas e não se estressaram.
Pegamos 3 voos: Rio – São Paulo, São Paulo – Toronto (pegando malas, despachando de novo e ainda passando por 1 hora de imigração) e finalmente Toronto – Vancouver.
Durante os voos eles praticamente só dormiram, comeram e assistiram TV. Eu fiz uma mala cheia de atividades, jogos, eletrônicos e tudo mais para cada um mas, acreditem, nem precisamos mexer.

4. Como é o período em hotel e a procura de casa?
* Sem a menor dúvida é a parte mais complicada. Morar por mais de 10 dias num quarto de hotel, sem muito espaço para as crianças brincarem é cansativo. Mesmo assim tenho que admitir que os pequenos foram muito pacientes. A gente andou pra cima e pra baixo procurando casa mas não deixávamos de parar em pracinhas e parques para eles poderem se divertir um pouco entre uma visita e outra. Além disso, tirávamos alguns dias especialmente dedicados a turismo com eles, para podermos aproveitar e descansar juntos.

5. Como funciona a matrícula na escola e como é a adaptação ao idioma?
* Aqui em Burnaby, o School Board é bastante exigente. A criança a partir de 5 anos tem direito a escola pública gratuita desde que o responsável que tiver visto de estudo já esteja estudando (o curso tem que ser “diploma”, aqui não aceitam “certificate”) ou que o responsável com visto de trabalho esteja trabalhando.
A documentação é super simples. No caso do Rafa, só me pediram para preencher um
formulário e anexar cópia de passaporte, carteira de vacinação e comprovante de residência (nesse último caso porque a criança estuda perto de casa).
Em relação ao inglês, eles fazem uma avaliação antes de a criança entrar na escola, coisa simples, apenas para determinar o nível do inglês e a frequência do acompanhamento que ele terá na escola.
No início, é lógico que há um estranhamento, mas logo eles aprendem a se expressar. Meu filho estuda há 5 meses aqui e o inglês está muito legal, com uma pronúncia linda! Morro de orgulho!

6. A escola é integral? Temos que pagar alguma coisa?
* O ano letivo começa em Setembro e as aulas são em período integral, de 9:00 as 15:00h. No caso da escola de meu filho, o aluno pode levar o almoço de casa ou pagar um valor mensal (aproximadamente CAD$ 50) e fazer a refeição lá mesmo. Fora isso nada mais de pagamento mensal.
As únicas despesas são passeios e eventos fundraisers esporádicos (onde os pais que quiserem fazem doações para ajudar a manter a escola e comprar equipamentos) e o material escolar que é bem simples e barato.

7. Como é a adaptação ao clima?
* Somos do Rio. Acostumados a mais de 40 graus no verão. Chegamos aqui no início do outono e foi muito bom para nos adaptarmos. Sentimos um pouco de frio mas dava pra andar sem casaco durante o dia no início.
Aos poucos a temperatura foi caindo e chegamos a pegar -11 (isso, onze graus negativos) aqui mesmo em Burnaby. Vimos neve, compramos casacos de acordo com o clima e tudo bem. Só sente frio quem está mal agasalhado e aqui a gente aprendeu a forma certa de se vestir de acordo com a temperatura.
Agora na primavera já estamos até usando casacos mais leves mas aguardando ansiosos pelo verão e o dia que só vira noite às 23h!

8. E para os menores? Qual q diferença entre daycare e preschool?
* Antes dos 5 anos as crianças não são obrigadas a estudar e por isso as escolas são exclusivamente pagas. Há dois tipos de escolinhas: As preschools normalmente são divididas em turnos (manhã ou tarde). Os daycares são os de períodos integrais (variam bastante mas algo como 7:00 às 18:00h) e costumam ter longas filas de espera. Vários colleges tem daycares próprios então é possível entrar na fila ainda no Brasil, depois que o responsável estiver matriculado.
Nós ainda estamos esperando a vaga da Carol mas já tenho expectativa de que sairá em breve.

Bom, acho que esse é o básico. Ainda vou falar sobre saúde em um post dedicado ao tema e também sobre lugares para passear, em outro momento. Espero que tenha ajudado a tirar as dúvidas principais!

Até a próxima!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s