Faculdade no Canadá

Não é novidade pra ninguém que muitos brasileiros vem para o Canadá como estudantes, e esse é o meu caso também. Sou formada em design gráfico e trabalhei por mais de 10 anos com marketing e eventos então essa era a melhor oportunidade de me atualizar profissionalmente.

Escolhi o curso de diploma de Marketing Management na Langara pois para que as crianças pudessem estudar gratuitamente (mesmo em escola pública há restrições), eu não poderia fazer um curso que me desse um certificado – esse é um dos detalhes super importantes que precisam ser pesquisados antes de traçar o objetivo no Canadá.

E lá fui eu, com 36 anos de idade, para um curso de 2 anos, que acabou se tornando de 3 anos para que eu conseguisse ajustar toda a nossa nova rotina. Como tudo acontece, explico agora, respondendo as perguntas que vocês me enviaram.

  • Como você consegue conciliar a faculdade com o horário das crianças na escola?  Nem todos os colleges e cursos dão aos alunos a mesma liberdade na hora de montar as grades com as matérias. Eu tive a grande sorte de ter autonomia completa no meu, e com isso, sempre consegui escolher matérias que me permitissem levar as crianças para a escola, seguir para a Langara, estudar e pegá-los à tarde. Eles estudam de 8:50 am às 3:02 pm e nesse período consigo encaixar duas aulas por dia, o que é ótimo. Além disso, aulas à noite também são uma boa opção pois permitem que eu fique com o dia livre para organizar todo o resto e estude à noite, quando meu marido já está em casa de novo após o trabalho.

 

  • Estudar e trabalhar é possível? Tudo é possível! Porém nem sempre é fácil. Se você está vindo sozinho ou em casal, as coisas são muito mais tranquilas. Minha experiência sendo mãe de dois, estudando de dia e trabalhando à noite (porque a tarde eu tinha que ficar com eles até meu marido chegar do trabalho) foi extremamente cansativa, especialmente porque eu estava cursando 4 matérias bastante difíceis e não estava conseguindo me dedicar aos estudos. No fim das contas, pedi demissão depois de 2 meses para não me prejudicar na Langara. Vou começar meu último semestre em setembro e como terei apenas duas matérias, à noite, conseguirei conciliar muito mais facilmente uma rotina de trabalho em horário comercial.

 

  • A faculdade no Canadá é muito diferente da do Brasil? Essa resposta pode variar dependendo do curso que você escolha porém, conversando com amigos brasileiros que também estudam aqui, é unanime a percepção de que aqui a faculdade depende muito mais da dedicação e esforço individual. Isso significa que você precisa chegar na aula com a matéria já estudada. Isso mesmo, antes mesmo do professor dar a aula, você precisa ter, ao menos, lido o capítulo (que em geral tem muuuuitas páginas). Além disso, a quantidade de trabalhos que temos que entregar semanalmente é grande, bem como a presença de projetos em grupo (geralmente um por matéria, no mínimo). Quizzes e atividades online completam as numerosas tarefas que precisamos fazer.

 

  • Qual o nível de inglês realmente necessário para acompanhar uma faculdade no Canadá? Sei que existem instituições que não exigem nível mínimo de inglês, e isso sinceramente me assusta. Não imagino como se acompanha um curso com um inglês que não seja, no mímimo intermediário (referência Canadá, não referência Brasil). E digo isso com muita certeza porque os professores não falam devagar porque existem alunos internacionais na sala. Além disso, a quantidade de sotaques é enorme. Já tive aula com professores da Índia, China, Canadá, Estados Unidos, Paquistão…. cada um com um sotaque específico, alguns falando muito rápido até. E o problema era meu! Nesses momentos você percebe que o esforço para entender a matéria aumenta e isso é outro motivo para se dedicar mais ainda.

 

  • Qual é seu maior desafio com relação ao college? Posso dizer que os desafios foram mudando conforme o tempo foi passando. Lembro que no meu primeiro dia, na primeira aula – Introduction to Marketing Management – fiquei apavorada pois meu professor, incrível e simpático, era indiano com um sotaque carregadíssimo. Para falar a frase “We want wi-fi” (que nós falaríamos algo como Ui uant uai-fai), ele falava Vi vant vai-fai – repete isso correndo e tenta entender, rsrs… Demorei algumas semanas pra acostumar o ouvido mas deu tudo certo! Depois disso, acho que o desafio constante é ter que fazer trabalhos em grupo. A maioria dos alunos é bem mais jovem e por isso existe a dificuldade de relacionamento e também a rotina completamente diferente. No geral consegui lidar bem com isso mas tive alguns problemas pelo caminho.

 

Sei que existem muitas dúvidas sobre esse tema. Fiz questão de não escrever sobre vistos, permits, matrículas e colleges neste post porque acho que a questão da adaptação é um ponto de muitos questionamentos importantes. Cada experiência é única e pessoal e eu procuro passar aqui a minha experiência pra ajudar um pouco quem está pensando em seguir o mesmo caminho. Pode ser mais fácil pra uns, mais difícil pra outros mas ter foco e determinação, independente de quão complicado seja seu curso e sua rotina, é o que vai fazer a gente chegar no objetivo com sucesso.

Não deixem de mandar perguntas, comentários e compartilhar esse post.

Até a próxima!

 

 

9 thoughts on “Faculdade no Canadá

    1. Oi, Luciana,
      Eu gostei muito especialmente porque estou estudando a teoria do que eu ja fazia na pratica. Me sinto hoje com bastante base, confirmei bastante coisa que eu ja fazia e nao me arrependo de nada! Faria de novo. E amo a Langara tambem!
      Bjs

      Like

  1. Cassandra, Parabéns pelo post! Vc, como sempre, bem esclarecedora e muito generosa ao compartilhar a sua experiência conosco!
    Mas, ao ler este post, fiquei com uma dúvida quando vc se refere que um dos pais, ao fazer um curso “certificado”, não daria aos filhos o direito de estudar em uma escola pública. Isso seria algo específico em BC ou em todas as Provincias?
    Já li em vários lugares que o Canadá não admite crianças em idade escolar fora da escola. Inclusive o TDSB diz: “Todas as crianças em idade escolar, residentes em Toronto, incluindo aquelas sem status imigratório no Canadá devem ser admitidas pela escola e nenhuma informação, sobre elas ou suas famílias, pode ser compartilhada com o Serviço de Imigração”. Fiquei pensando que se até pais “ilegais” podem matricular seus filhos na escola, por que um pai com visto de estudo, mesmo que seja certificado, não teria o mesmo direito?
    Vc teria mais alguma informação sobre isso?
    Muito obrigada e, mais uma vez, parabéns pelo blog.

    Like

    1. Oi Geysa, realmente cada provincia tem uma legislacao diferente e cada cidade ainda segue regras da forma que interpreta a lei.
      Eu mencionei que a crianca nao tem direiro a escola gratuita, nesse caso, se eu estivesse fazendo curso com certificado e meu marido nao trabalhasse, eu teria que pagar pela escola das criancas, mesmo em escola publica. Mas se meu curso fosse de certificado e meu marido trabalhasse full time, as criancas poderiam estudar gratuitamente pois o processo seria atrelado ao trabalho do pai. Nao sei se ficou confuse a explicacao. Sao muitos detalhes que precisam ser estudados de acordo com a provincial e cidade que voce vai morar (ou mora).
      Obrigada por acompanhar e participar! Espero poder ajudar mais!
      Bjs

      Like

  2. Adorei seu texto! Realmente com criança e não tendo com quem deixar fica difícil conciliar College e trabalho! Seus filhos já estão grandes, né? Pq eu tô planejando ir com meu namorado e enteada e estou na maior dúvida se engravido aqui logo (pq já tô velhinha..RS) e vou com ele pequeno ou deixo isso pra depois. Até 4 anos em Ontário não tem escola gratuita pra criança…

    Liked by 1 person

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s